terça-feira, 28 de outubro de 2008

Semifinal - Grêmio 0 x 1 Ponte Preta









"O time de Tarciso – De León, Baltazar, China, Casemiro, Paulo Isidoro e companhia – poderia até perder por 1 a 0. Foi justamente o placar do embate com os paulistas. Apesar da derrota, a torcida comemorou fervorosamente a classificação para a decisão do campeonato. “Eu nunca tinha visto o Olímpico com torcedores tão empolgados. Foi uma loucura. Era um momento de busca por algo inédito, mas havia uma grande organização da torcida”, comenta Tarciso.

Para o ex-atacante, o tropeço em casa diante de quase 100 mil torcedores mudou a postura do time para a final contra o São Paulo: "A gente sabia que seria um jogo difícil. Só que o problema foi que a Ponte apareceu aqui com outro esquema de jogo. Nos enganaram e a gente demorou para entender como eles estavam jogando. Acabou que a Ponte nos empurrou para trás e conseguiu o gol. Acho que nos fechamos muito por causa da vantagem. Mas o erro ensina".

E ensinou. Na decisão de 81, o Tricolor gaúcho não deu chances para os são-paulinos. O primeiro jogo no Olímpico terminou 2 a 1. No duelo de volta, outra vitória dos gremistas, agora por 1 a 0. "A derrota na semifinal foi muito important, porque nos deu uma visão bem ampla do que precisaríamos para ser campeões. Não basta só querer, tem que jogar e ter vontade", conclui Flecha Negra." (Correio do Povo - 27 de novembro de 2012)


Fontes: Zero Hora, GloboEsporte e Correio Popular

Grêmio 0x1 Ponte Preta



GRÊMIO: Leão; Uchôa, Newmar, De Léon e Casemiro; China, Paulo Isidoro, Vilson Tadei e Renato Sá (Jurandir); Tarciso e Baltazar.
Técnico: Ênio Andrade

PONTE PRETA: Carlos; Edson Boaro, Nenê Santana, Juinho Fonseca e Odirlei; Celso, Humberto, Oslvado e Zé Mário; Serginho e Lola
Técnico: Lino Fachini Junior

Semifinal - Jogo de Volta
Data: 26/04/1981
Local: Olímpico, Porto Alegre-RS);
Público: (85.721 pagantes);
Árbitro: Maurílio José Santiago (MG);
Cartão Amarelo: Odirlei (PP)
Gol: Osvaldo (PP) 20' do 1º;

2 comentários:

Junião Macaco disse...

O gol do Grêmio de empate em Campinas foi irregular o jogador do time gaúcho dominou a bola com a mão dentro da área resultando no empate em 1 a 1, assim o jogo ficou 3 a 2 pro Grêmio e na real era pra ter sido 2 a 2 e a Macaca que era pra ter ido á final

Anônimo disse...

PONTE PRETA AMOR MAIOR.....